Home

luiz.jpg

É meus amigos, quando se tem a impressão de que tudo vai caminhar como planejado é ai que vem todos os enganos possíveis e Inimagináveis. Sabe aquela angustia indigesta? Pois, a Komba passou por isto nesses dias de exclusão virtual. Muito se fala do ser social, do sujeito cultural – esse pouco é, pouco faz, pouco se presencia, pouco se escuta, pouco argumenta e muito menos tem qualquer coisa de coerência. Deixo aqui escrito todos os meus sentimentos de esgotamento racional comunicativo. Você ser social cultural, você me da nojo.

A principal iniciativa da Komba era de trazer um pouco de expressão musical, de sentimento coletivo,  um veiculo virtual sociável.  E iremos manter o foco: chega da auto sabotagem. viva o amardorismo! sim, amardorismo.

Luiz Felipe do Vale

Produtor da Rádio Cultura Kombarrocabossajazz

Batwa pigmies listening to playback 2, Congo, 1949.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s