Home

Linda Batista

Boas!!

Hoje damos o ponta pé inicial na pesquisa sobre o melhor do rádio brasileiro. E de cara vamos com a maioral do samba – Linda Batista.

Linda-e-DircinhaLinda e Dircinha Batista

E que cantor não gostaria de sair por ai sendo reconhecida como a maioral do samba? Florinda Grandino de Oliveira (São Paulo, 14 de junho de 1919 — 17 de abril de 1988), mais conhecida como Linda Batista, foi uma cantora e compositora brasileira. Era filha de Batista Júnior e irmã de Dircinha Batista – essa que também iremos comentar nessa pesquisa.

Começou sua carreira acompanhando sua irmã mais nova ao violão durante suas apresentações. Em 1936, teve que substituir a irmã no programa de Francisco Alves na Rádio Cajuti, obtendo boa aceitação do público. Também naquele ano, participou, ao lado de Dircinha, do filme Alô, Alô, Carnaval.

Linda precisou de apenas um ano para se consagrar como cantora. Em 1937, foi a primeira cantora a ser eleita Rainha do Rádio, título que manteve por onze anos consecutivos. O concurso foi realizado no Iate dos Laranjas, barco carnavalesco atracado na Esplanada do Castelo, no centro do Rio de Janeiro. Pouco depois, como contratada da então nova Rádio Nacional, fez uma excursão de grande sucesso no Norte e Nordeste que durou seis meses, começando por Recife, PE. Ali, apresentou-se no Teatro Santa Isabel, cantando músicas de Capiba acompanhada da Jazz-Band Acadêmica.

radiolndia56linda-batistaoscaritoidalinaluis-claudio_MLB-O-98440709_3774

Linda está na memoria da Cultura de Rádio e Musica Brasileira. Seus maiores sucessos foram:

A pátria está te chamando, Grande Otelo (1943)
Amor passageiro, Jorge Abdalla e Zé Kéti (1952)
Bis, maestro, bis!, Cristóvão de Alencar e J. Maia (1940)
Bambu, Fernando Lobo e Manezinho Araújo (1951)
Batuque no morro, Russo do Pandeiro e Sá Róris (1941)
Bom dia, Aldo Cabral e Herivelto Martins – c/as Três Marias (1942)
Calúnia, Lupicínio Rodrigues e Rubens Santos (1958)
Chico Viola, Nássara e Wilson Batista – c/Trio Madrigal (1953)
Coitado do Edgar, Benedito Lacerda e Haroldo Lobo (1945)
Criado com vó, Marambá (1946)
Da Central a Belém, Chiquinho Sales (1943)
Dona Divergência, Felisberto Martins e Lupicínio Rodrigues (1951)
Enlouqueci, João Sales, Luiz Soberano e Valdomiro Pereira (1948)
Eu fui à Europa, Chiquinho Sales (1941)
Foi assim, Lupicínio Rodrigues (1952)
Levou fermento, Monsueto (1956)
Madalena, Ary Macedo e Ayrton Amorim (1951)
Marcha do paredão, Armando Cavalcanti e Klécius Caldas (1961)
Me deixa em paz, Ayrton Amorim e Monsueto (1952)
Meu pecado, não, Fernando Lobo e Paulo Soledade (1953)
Migalhas, Felisberto Martins e Lupicínio Rodrigues (1950)
Nega maluca, Ewaldo Ruy e Fernando Lobo (1950)
No boteco do José, Augusto Garcez e Wilson Batista (1945)
O maior samba do mundo, David Nasser e Herivelto Martins – c/Nelson Gonçalves (1958)
Ó abre alas!, Chiquinha Gonzaga – c/Dircinha Batista (1971)
Palavra de honra, Armando Fernandes e Carolina Cardoso de Menezes (1955)
Prece de um sambista, Billy Blanco (1952)
Quem gosta de passado é museu, de sua autoria e Jorge de Castro (1964)
Quero morrer no carnaval, Luiz Antônio e Eurico Campos (1961)
Risque, Ary Barroso – c/Trio Surdina (1953)
Stanislau Ponte Preta, Altamiro Carrilho e Miguel Gustavo (1959)
Trapo de gente, Ary Barroso – c/Trio Surdina (1953)
Tudo é Brasil, Sá Róris e Vicente Paiva (1941)
Valsinha do Turi-turé, Custódio Mesquita e Ewaldo Ruy (1945)
Vingança, Lupicínio Rodrigues (1951)
Volta, Lupicínio Rodrigues (1957)

segue um documentário sobre nossa Maioral do Samba.

image_35

Pra quem quiser COMPRAR o disco acima.

Musicas disponíveis no Grooveshark da Linda:

OUVIR! Linda Batista

Bom, a Linda morreu em 88, deixando um grandíssimo legado para todos.

Ficamos por aqui, e continuaremos a trazer os classicudos da rádio brasileira.

Saionará!

logoradio.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s