Home

dom-salvador-dom-salvador

 

Boas!! Lembrei-me de Dom esses dias, e lembrei que gosto deste disco por ter uma pegada mais crua e lentas do álbum seguinte com o Abolição. Bom, esse disco é um classicudo que deve ser escutado por todos.

Dom Salvador

Dom Salvador

Sua carreira musical teve início aos 12 anos de idade em Rio Claro/SP, como pianista em uma orquestra.
Tornou-se conhecido em 1961, mesmo ano em que mudou-se para o Rio de Janeiro a convite de Dom Um Romão, onde passou a fazer parte do grupo Copa Trio.
Em 1965, gravou o disco Salvador Trio, como integrante de um grupo com o mesmo nome. Logo depois, formou o grupo Rio 65 Trio, com o qual gravou um LP de mesmo nome.
No ano seguinte, o Rio 65 Trio viajou para a Europa, juntamente com outros músicos como Edu Lobo, Sylvia Telles e Rosinha de Valença, entre outros. Depois de apresentar-se em muitos países, o grupo gravou outro LP, na Alemanha. Ainda em 1966, Dom Salvador foi para os Estados Unidos juntamente com outros músicos, e retornou a esse país na companhia de Elza Soares. Desta vez, fez amizade com vários músicos de jazz, como Thelonious Monk, Charles Lloyd e vários outros.
Retornando ao Brasil tornou-se produtor musical e pesquisador, tendo esta última ocupação motivado viagens para vários outros países.
Em 1970, fez parte do grupo Abolição, juntamente com integrantes dos grupos Cry Babies e Impacto 8, criando assim o embrião do que viria a ser o movimento Black Rio.
Atualmente, Dom Salvador vive em Nova York, onde toca piano em um restaurante. Os discos gravados por ele entre os anos 60 e 70 são, hoje, raridades vendidas a preços altos, quando encontradas.

OUVIR! LISTEN! Dom Salvador – 1969

A1 Tio Macrô (Arnoldo Medeiros – Dom Salvador)
A2 Aza branca (Luiz Gonzaga – Humberto Teixeira)
A3 Moeda, reza e cor (Marco Versiani – Dom Salvador)
A4 Cantinflas (Arnoldo Medeiros – Dom Salvador)
A5 Barumbá (Bebeto – Luiz Eça)
A6 Folia de reis (Paulo Silva – Jorge Canseira)
B1 Sambaloo (Arnoldo Medeiros – Dom Salvador)
B2 O tempo será tua paz (Mariá – Dom Salvador)
B3 O rio (Arnoldo Medeiros – Dom Salvador)
B4 País tropical (Jorge Ben)
B5 Be by my side (Eugene Record – Barbara Acklin)
B6 Cantiga por Luciana (Edmundo Rosa Souto – Paulinho Tapajós)

contra capa

contra capa

Faça bom proveito desse delicioso disco negreiro brasileiro!

Boa audição,

Stay Beautiful!

luiz.jpg

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s